Detalhe
Voltar ao Início Orçamento Participativo - Amadora
OP'15 - Bem-vindo

Detalhe

Início  >  Orçamentos em Curso  >  Propostas para Orçamento Participativo 2016  >  Proposta 4 - Criação de um programa de ocupação dos tempos livres dos jovens com mais de 16 anos - PROPOSTA VENCEDORA

Proposta Nº4 - Proposta 4 - Criação de um programa de ocupação dos tempos livres dos jovens com mais de 16 anos - PROPOSTA VENCEDORA 29 Votos

Código SMS: AMADORA [NIF] op193


 - Enquadramento

Segundo os dados dos Censos de 2011, residem no concelho da Amadora 13 829 jovens dos 17 aos 24 anos, um número que corresponde a 7.9% da população total do concelho.

A Câmara Municipal da Amadora, em colaboração com várias associações do concelho, desenvolve há vários anos programas de férias e ocupação de tempos livres quer para crianças até aos 16 anos quer para seniores.

O grupo etário dos jovens com mais de 16 anos parece não ter opções disponíveis de ocupação do tempo livre, em especial nas férias de Verão.

Este grupo etário vê-se também confrontado com a tomada de decisões relativamente à sua vocação e ao seu futuro profissional.

Neste enquadramento, propõe-se que a Câmara Municipal da Amadora, em colaboração com empresas, associações e outras entidades públicas e privadas estabelecidas no concelho desenvolva um Programa de OTL para jovens dos 17 aos 24 anos.

Objetivos do programa

Entre muitos dos objetivos que se poderiam enumerar relativamente a um programa como aquele que se propõe, são de destacar os seguintes:

  • Proporcionar aos jovens maiores de 16 anos atividades sociais, profissionais e de enriquecimento pessoal, a desenvolver nos seus tempos livres, nomeadamente nas suas férias escolares.

  • Envolver a comunidade empresarial do município criando good will junto de um grupo que irá constituir uma parte relevante dos seus consumidores.

  • Proporcionar vivências profissionais ou próximas do ambiente profissional, de modo a permitir um conhecimento mais aprofundado e próximo da realidade aos jovens, que terão de fazer escolhas vocacionais e/ou profissionais a breve trecho.

  • Envolver os jovens em atividades de contacto e entreajuda com grupos mais carenciados ou socialmente mais vulneráveis do município.

  • Dar a oportunidade a empresas locais de desenvolverem atividades enquadradas nas suas políticas de responsabilidade social.

Características do programa

O programa a desenvolver terá duas vertentes:

  1. Profissional

    1. Envolvimento dos jovens em estágios em empresas do município, onde desenvolverão, sempre que possível, atividades úteis à própria empresa e de valorização pessoal e enriquecimento curricular dos jovens

    2. Para os jovens que não pretendam seguir estudos superiores, o contacto com estas empresas poderia constituir ainda uma porta para uma possível integração no mercado de trabalho

  2. Social

    1. Envolvimento dos jovens em atividades de valorização de espaços comunitários, arranjos em estabelecimentos sociais, participação em atividades socioeducativas, como exemplo:

      1. Participar na limpeza e manutenção de jardins ou espaços verdes

      2. Participar em obras de melhoria ou requalificação de creches, lares ou outros equipamentos sociais

      3. Dinamizar atividades de OTL de crianças

      4. Participar em atividades socioeducativas para idosos

Implementação do programa

O programa deverá ser desenvolvido pela Câmara Municipal da Amadora, envolvendo as associações e instituições sociais do concelho, assim como as empresas aqui estabelecidas.

O programa deverá ser divulgado quer digitalmente no site da CMA e respetiva newsletter, quer no Boletim Municipal impresso, quer ainda junto das escolas secundárias do concelho para que o maior número de jovens possa ter dele conhecimento.

Uma pequena remuneração deverá ser proporcionada aos jovens, pois todo o trabalho deve ser remunerado - mesmo que simbolicamente ou apenas para cobrir despesas de deslocação e refeições. Esta remuneração seria da responsabilidade da empresa/instituição que acolhe o jovem.

Às empresas e instituições participantes, deveria ser feito o reconhecimento público para que a sua contribuição fosse entendida como verdadeiramente relevante e determinante para o sucesso do programa. A atribuição de um “selo” de “amiga dos jovens” ou algo do género a oferecer em cerimónia pública seria uma hipótese a considerar.




Valor de investimento estimado: 30.000€

N.º de Votos: 29
Esperança Afonso
22-07-2015
Concluído

Fotografias Depois

  • Férias na Cidade 16+
  • Férias na Cidade 16+
  • Férias na Cidade 16+
  • Férias na Cidade 16+
  • Férias na Cidade 16+ Edição 2017
  • Férias na Cidade 16+ Edição 2017
  • Férias na Cidade 16+ Edição 2017
  • Férias na Cidade 16+ Edição 2017

O Orçamento Participativo 2018 já começou, participe!
 
(meses)
 
(dias)
 
(horas)
 
(minutos)
 
Câmara Municipal da Amadora
Av. Movimento das Forças Armadas - Mina de Água, 2700-595 Amadora
tel. 214 369 000 | e-mail. geral@cm-amadora.pt
powered by Wiremaze
designed by Vasco Falardo CMA